Blog

dr-fernando_post_ReservadeInsulina
31 agosto , 2017

Reserva de insulina de Diabetes tipo 1

A produção de insulina ainda ocorre em cerca de metade das pessoas com diabetes tipo 1, que vivem com a condição por 10 anos ou mais, afirmam pesquisadores suecos. Uma equipe da Uppsala University, na Suécia, estudou 113 pessoas que viviam com diabetes tipo 1 há mais de uma década. Eles testaram os participantes usando um método ultra-sensível de identificação do péptido C no sangue. O péptido C é uma proteína liberada com insulina, mas não encontrada na insulina que as pessoas com diabetes tipo 1 recebem receita médica. Portanto, se o peptídeo C é encontrado no sangue, ele mostra que a insulina está sendo produzida pelo pâncreas. Os resultados mostraram que quase 50% desses participantes ainda produziram insulina e que aqueles que estavam produzindo insulina, apresentaram níveis mais altos de proteína chamada interleucina-35 (IL-35).

 

Os pesquisadores afirmam que a IL-35 demonstrou ajudar a bloquear a diferenciação de um tipo de célula imune conhecida como células T-helper 17. Ao fazer isso, a IL-35 pode ajudar a reduzir o ataque imune às células beta do pâncreas que produzem insulina. Os pesquisadores observaram que eles não sabem se esses níveis já eram mais elevados antes do seu diagnóstico de diabetes, ou se o nível de IL-35 aumentou ao longo dos anos. Pesquisas anteriores, realizadas pelo mesmo time, descobriram que os níveis de IL-35 eram menores em pessoas que tinham sido diagnosticadas recentemente com diabetes tipo 1, quando comparadas a indivíduos saudáveis.

 

O estudo anterior sugeriu que é possível prevenir o desenvolvimento de diabetes, ou mesmo reverte-lo , realizando um tratamento envolvendo IL-35 em animais. Eles acreditam que a IL-35 poderia conter a chave para tratamentos futuros para diabetes. Os resultados do teste mais recente foram publicados online, antes da impressão, pelo jornal Diabetes Care.

Autor

Dr. Fernando Almeida

Endocrinologista

Quer mais cursos e dicas?